segunda-feira, 18 de abril de 2011

Coisas de João...

Eu tive uma infância muito feliz. Cercada de carinho e impulsionada a brincar, sempre fui curiosa: perguntadeira, observadeira, falante mas não faladeira. 
Tenho descoberto no João tudo isso ao mesmo tempo. Em vários momentos temo não encontrar as respostas, mas porque será que toda mãe quer ter a resposta na ponta da língua ?
Essa idéia de parecer super-herói , de saber tudo, por vezes me angustia. 
Ontem ele saiu com mais uma das suas : Por que algumas pessoas beijam de verdade nosso rosto e tem umas que só encostam o rostinho ???
Nem sempre é fácil dizer sobre beijo e afeto quando acredito que ambos são entrega. A possibilidade de estar intimamente próximo do outro. Lembrei como a vovó o beija escandalosamente. Mostrei como algumas pessoas apenas seguram na mão dele. Disse que nem todo mundo consegue se entregar... mesmo que seja num simples beijinho de oi.
Complicado é dizer para ele que conforme vamos crescendo , algumas pessoas se fecham mais para esse tipo de entrega. E, que talvez a maior dificuldade dos adultos seja demonstrar seus sentimentos.
Explicar tudo isso, me dá a chance de oportunizar o caminho do carinho, do gesto simples de beijar de verdade. De permitir que João não tenha medo de sentir, muito menos de saber que sente e nem de demonstrar que sente !  
Essa converseira, de acordo com o João serve para ele entender essas coisas da Vida...que ficam como pulgas pulando na cabeça dele ... 
Foto : Arquivo Pessoal

6 comentários:

  1. Há se todos os homens tivessem uma mãe como você... Acho que aí está a sementinha da salvação de tudo que acontece hoje em dia e não sabemos o que fazer!!! Esse é o caminho.

    Beijos saudosos...

    ResponderExcluir
  2. Fabíola,
    Que linda mãe você está sendo. Acho super importante a gente passar para os filhos (tenho dois) que eles têm que dar carinho, serem gentins, demonstrarem afeto para aqueles com osquais se relacionam! Penso que as pessoas fechadas para o afago acabam virando verdaeiras "caixas pretas". Dá um cansaço enorme descobrir o que elas estão querendo, pensando, desgostando, e assim por diante. Sua preocupação procede e se puder,faça-o entender o quanto é bonito a gente ser verdadeiro e transparente, inclusive e principalmente nos sentimentos. Esse assunto parece muito com o texto que postei hoje do meu blog, o Amadeirado.
    Beijos e parabéns por ser essa mãe consciente e sensível!
    Uma Páscoa feliz, cheia de reflexões e muito chocolate.

    ResponderExcluir
  3. Em tempo, o João é lindo! Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Fabiola.. linda a sua forma de transmitir os ensinamentos ao João.. e as diferenças existentes neste mundo.

    Beijoquinhas super em seu coração!
    Verinha

    ResponderExcluir
  5. Lindo João, Linda Mamãe! Parabéns pelo espaço!

    ResponderExcluir
  6. Meninas, obrigada pelo carinho... ser mãe tem sido uma experiencia maravilhosa ! Um abraço...

    ResponderExcluir